05 agosto 2008

Palestras nas escolas



Hoje confirmei com a professora Eliana Prata uma palestra para os alunos do Colégio Nossa Senhora das Dores que leram o Cotidianos Culturais. O colégio adotoru o livro e a professora tem feito um trabalho extremamente interessante com os alunos. É muito importante inspirar uma leitura criativa sobre a própria história. ALém disso, acredito que o livro contribui para estimular a leitura, porque os alunos deliram quando entram em contato com histórias tão fantásticas sobre a sua própria cidade. Eles ficam entusiasmados e querem escrever também. E isso é ainda mais interessante. O encontro com os alunos será no dia 14 de agosto.
À tarde, fui na Superintendência Estadual de Ensino para oferecer uma série de palestras para professores e alunos das escolas públicas de Uberaba. Pretendo doar cinco livros para cada uma das 35 escolas e fazer uma "turnê" falando sobre história cultural, sobre a importância do olhar crítico sobre a história da cidade e da necessidade de se encarar como um sujeito histórico. A idéia foi bem recebida. Eu estou realmente interessado em provocar a curiosidade crítica dos alunos e incentivar a leitura. Me lembro do Ziraldo: menino na escola tem que ler, ler, ler. Eu sei que uma palestra dessa pode acender algumas idéias na cabeça deles, e essa é a idéia. Eis a missão: aumentar o número de leitores nas escolas públicas. Vamos ver...

Um comentário:

joseadolfo.com.br® disse...

Parabens Fessor! Nas frestas em facu, namoro e estagio tb to tentanto ler o máximo. Pela segunda ferias consecutiva pego os 5 livros possiveis no emprestimo de ferias. Sempre aviso meus colegas pelos blogs de fazer o mesmo mas nem todos aderiram aos blogs e a leitura. Abrs.