03 novembro 2008

Vejam uma traça no arquivo do Lavoura e Comércio



Eis aí como tenho vivido nesta minha vida de traça. Neste ano, já "comi" 19 anos (de 1940 a 1959) só no Lavoura e Comércio. Mas é uma delícia! Uma das coisas mais impressionantes é ver o tempo passar rapidamente. Coisas são pensadas, depois criadas, depois destruídas, e o mundo continua... Outra coisa fascinante é analisar o que os contemporâneos pensavam de si mesmo no futuro com as referências que tinham na época. Só isso daria uma nova tese. Deixa eu voltar para a minha!

4 comentários:

Gabriela disse...

André! Que saudade das suas aulas sempre tão... Hm... Inovadoras! hausahuahasuh
E o doutorado? Eu toh passando aqui pra deixar o blog que eu, a Sarah e a Mônica montamos, com textos nossos. Dá uma olhada e uma avaliada crítica de professor depois!
Abraços e "Avante!"

Gabriela disse...

Esqueci de deixar o link.....

delirios-literarios.blogspot.com

abraço!

Rodrigo disse...

Saravá André,
Muito legal essa questão da análise de si com os referenciais que estão mais próximas, acho que vou roubar essa idéia e fazer a minha tese!
haha
Salve, abraços.

Josuá Barroso disse...

Legal a foto!
Estamos começando a passar por experiência semelhante.
No arquivo público no embate pela história do curso.

Mas lá é só a luva neh, ela encomoda d+, mas vai valer a pena.

Até!